Devido ao grande número de inscrições, o Seminário Gênero, Mídia e Violência – que aconteceria na Unicap – será realizado no auditório da Sociedade de Medicina de Pernambuco (Rua Oswaldo Cruz, 393, Boa Vista), nesta sexta-feira (19), a partir das 8h30. A organização do evento está à disposição para dúvidas e informações pelos telefones (81) 3221-5519 / 9954-1051.

Para quem ainda não se inscreveu, as inscrições (gratuitas) devem ser feitas pelos e-mails ubmpernambuco@yahoo.com.br / inamaramelo@yahoo.com.br, enviando os seguintes dados: nome completo, e-mail, telefone fixo e celular, endereço, profissão ou curso (no caso de estudantes. O evento é voltado, principalmente, para militantes feministas, jornalistas e estudantes de comunicação. As inscrições também podem ser feitas por telefone (3221-5519 / 9954-1051).

O Seminário é realizado pela União Brasileira de Mulheres (UBM), em parceria com o Instituto Humanitas, da Unicap, e com a Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco. Este encontro é parte de um projeto que a UBM desenvolve em 17 cidades brasileiras, em convênio com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, que objetiva contribuir para o enfrentamento da violência contra a mulher e o combate a todas as formas de discriminação às mulheres nos meios de comunicação.

Abaixo, confira a programação completa do Seminário Gênero, Mídia e Violência.

8h30 – Credenciamento
9h30 – Abertura: Apresentação do Projeto O Protagonismo das Mulheres e a Democratização da Mídia

9h45 – Tema I: Gênero e Violência

a) Relações de gênero e violência: reproduzir ou reconhecer e resistir
b) A Lei Maria da Penha, seu significado e efetividade

10h30 – Palavra aberta

12h – Almoço

14h – Tema 2: Gênero e Mídia

c) A mídia como propagadora de valores e reprodutora do status quo
d) A notícia da violência contra a mulher
e) Formas de violência simbólica e as mulheres como protagonistas do controle social sobre a mídia

15h – Palavra aberta

16h – Lançamento da campanha contra a veiculação de conteúdos discriminatórios na mídia e formação dos GTs permanentes:
01. Observação da mídia;
02. Mobilização Social pela efetividade da Lei 11.340/2006 e implementação do Pacto II.

17h – Encerramento

Palestrantes convidadas

Cristina Maria Buarque – Secretária Estadual da Mulher

Lenise Valentim – Delegada do Departamento de Polícia da Mulher

Doris Margareth de Jesus (UBM) – Coordenadora Nacional do Projeto

Pesquisadora Patrícia Bandeira de Melo (Fundaj)

Professora de Jornalismo Ana Veloso (UNICAP)

Pesquisadora Sandra Raquel Azevêdo (UFCG)

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: