Nesta quinta-feira (20), às 15h, será realizada, na Sala das Bandeiras, do Palácio do Campo das Princesas, a cerimônia oficial de fundação da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC). Na ocasião, o governador Eduardo Campos receberá a presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cruvinel, para firmar um convênio entre os dois órgãos. A Lei nº 497/2011, que autoriza a criação da EPC, que proporcionará caráter jurídico à TV Pernambuco, foi sancionada pelo governador no mês passado, e publicada no Diário Oficial do dia 23/09.

Este é um momento de grande expectativa para os diversos grupos e movimentos pernambucanos que lutam pela democratização das comunicações, porque marca a possibilidade de se consolidar um projeto de televisão pública no Estado. Uma das questões mais prementes é a garantia de participação popular no processo de estruturação da EPC. “Uma emissora realmente pública só se faz com participação. O caráter independente da emissora precisa ser posto e isso somente se dará se a sociedade estiver presente em todos os momentos, fazendo sua voz valer. Não existe carta branca para ninguém”, ressalta o jornalista e membro do Grupo de Trabalho da TV Pernambuco, Ivan Moraes Filho.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: