50 anos de uma emissora golpista

50 anos de uma emissora golpista

A TV Globo fará 50 anos no dia 26 de abril e, enquanto a emissora comemora sua longevidade, as críticas à empresa apenas se somam a discursos contra a hegemonia do canal. A lista de irregularidades e ações nocivas realizadas pela Globo é extensa e grande parte da população sente isso. Não é à toa que nas Jornadas de Junho um grande mote repetido pelas pessoas que se manifestaram foi “o povo não é bobo, abaixo à Rede Globo”. Para que essa data não passe em branco, o Fórum Pernambucano de Comunicação, juntamente com diversas entidades e grupos da sociedade civil*, organiza esse domingo (26/04/2015) o ato “Descomemoração dos 50 Anos da Rede Globo”, às 15h na Praça do Arsenal no Recife Antigo.

A manifestação tem como objetivo ser um grito de denúncia ao caráter antidemocrático da emissora, que a acompanha desde sua fundação apoiada na ditadura civil-militar e que vem até os dias de hoje, com suas posturas danosas aos direitos humanos e à pluralidade de vozes na comunicação. Todas as pessoas que partilham desse incômodo com a maior emissora de TV do país são bem vindas para protestar e somar vozes às críticas já tão repetidas à Rede Globo.

No ato, haverá apresentações culturais, debates sobre a democratização da comunicação e a coleta de assinaturas para o Projeto de Lei da Mídia Democrática, que pretende regulamentar os artigos da Constituição Federal que já prevem a normatização sobre a distribuição e uso dos canais de rádio e televisão, com a garantia da complementaridade entre sistemas público estatal e privado, além da programação regional. O projeto, de iniciativa popular, também impede que políticos e igrejas sejam concessionários de radiodifusão.

*Entidades organizadoras:
– Comitê do Plebiscito da Constituinte
– União da Juventude Socialista
– Coletivo Zoada
– Centro Dom Helder Câmara
– Central Única dos Trabalhadores – PE
– Movimento Sem Terra
– Central dos Trabalhadores do Brasil – PE
– Levante Popular da Juventude
– Movimento dos Trabalhadores Cristãos
– Consulta Popular

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: