por Daniel França (Unicap)

O projeto Vozes da África, desenvolvido por professores e estudantes de Jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco, foi o grande vencedor do Prêmio Roquete Pinto, promovido pela Associação das Rádios Públicas do Brasil, Arpub. O documentário é composto por seis programas com uma hora de duração cada e relata a realidade das mulheres negras em Pernambuco. O lançamento oficial será nesta quarta-feira (20), às 14h, na sala 510 do bloco A.
 
“Decidimos participar do edital porque percebemos que a mulher negra se sente excluída e desvalorizada pela mídia tradicional”, explica a professora Ana Veloso, uma das idealizadoras do projeto juntamente com os professores Vlaudimir Salvador, Elisa Barreto e Paulo Fradique. O programa teve a participação de 15 estudantes de Jornalismo da Católica. Os alunos participaram de todo o processo de produção, reportagem e edição do conteúdo.
 
As equipes passaram dois meses preparando os programas que foram organizados por temas. Entre os assuntos abordados estão as mulheres de terreiro, que faz um panorama da participação feminina nas religiões de matriz africana; quilombolas, no qual se trata da realidade das comunidades descendentes dos quilombos; luta comunitária, que resgata a participação e a história de líderes comunitárias de bairros de baixa renda do Recife; mulheres negras na política; empregadas domésticas; e mercado de trabalho.
 
A professora Ana Veloso conta que produtores e repórteres ouviram 50 fontes entre representantes do Estado, movimentos da sociedade civil organizada e pesquisadores. “Entre os entrevistados está o ministro da Igualdade Racial, Eloi Ferreira”. Ana explica ainda que o estilo documentário não foi escolhido à toa. “É um formato que vem sendo negligenciado no rádio. Mesclamos entrevistas, reportagens com trilhas sonoras específicas”. O resultado do trabalho será veiculado em emissoras públicas do Brasil inteiro.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: