Notícias


Movimento pelo direito à comunicação quer audiência com o reitor da UFPE

reitoriaRepresentantes do Fórum Pernambucano de Comunicação e da Associação Brasileira de Documentaristas estiveram na tarde desta segunda-feira (28/09) na reitoria da Universidade Federal de Pernambuco. O objetivo do grupo era conseguir uma audiência com o reitor da instituição, Anisio Brasileiro, para apresentar uma carta de apoio ao Comitê de Conteúdo do Núcleo de TV e Rádios da Universidade, que vem dando cada vez mais transparência e proporcionando participação democrática à gestão das emissoras da universidade. O documento conta com quase 300 assinaturas de apoio advindas de organizações da sociedade civil, realizadores/as, professores/as universitários/as e técnicos/as administrativos/as da UFPE. Brasileiro não recebeu a comitiva, mas o documento foi protocolado, assim como o pedido formal de audiência.

“A criação do comitê foi de fato um grande avanço, mas que precisa ser mantido. Uma das obrigações desse grupo que conta com a participação da sociedade é organizar as eleições para um conselho curador permanente e eleito de forma democrática. Como se aproxima o final do mandato da atual direção do NTVRU, é importante garantir que este processo continue sem interrupção”, argumenta Ivan Moraes Filho, integrante do Centro de Cultura Luiz Freire e do Fopecom.

Para a diretora da ABD Juliana Lima, este é um momento importante para que entidades do movimento pelo direito à comunicação e realizadores/as atuem junto. “Temos produção e temos demanda para os produtos locais. É preciso que esse gargalo da distribuição seja resolvido e as emissoras públicas são veículos ideais para que isso possa acontecer”. O realizador Alessandro Guedes concorda. “Vamos esperar uma semana por uma resposta do reitor. Caso nossa reunião não seja confirmada, precisamos voltar aqui”.