Notícias


Fórum Estadual da Reforma Urbana também debate mídia

IMG_20150728_151051534O Centro de Cultura Luiz Freire realizou, nesta terça-feira (28), uma oficina de leitura crítica da mídia para que integrantes do Fórum Estadual de Reforma Urbana se empoderassem do debate sobre o direito à comunicação. A interdependência e universalidade de todos os direitos humanos foi um dos principais motes defendidos por Ivan Moraes Filho, que facilitou a oficina: “não tem como se lutar pelo direito à cidade sem lutar pela democratização da mídia. O debate sobre os meios de comunicação interessa a todas as pessoas”, explica o jornalista.

Passando por aspectos práticos da leitura crítica, a oficina demonstrou de formas práticas como o direito à comunicação mexe com o direito à cidade e como pode ajudar na reforma urbana. Adelmo Araújo, um dos coordenadores do Fórum, falou sobre como esse debate pode abrir novas portas no movimento pela reforma Turbana, e como o Feru pode se utilizar dos meios de comunicação de massa para defender e lutar pelas suas pautas. “É importante que no planejamento pra 2015 a gente insira esse debate, pois pensar a luta pelo direito à cidade dissociada da democratização dos meios de comunicação de massa é praticamente impossível. O próprio conceito de reforma urbana ainda é muito desconhecido para a população. As mídias têm um papel fundamental em quebrar essa barreira, pois acho que ainda usamos muito mal as brechas existentes nessa comunicação de massa para defender nossas pautas. Temos que entender com mais clareza como ela opera e pensar o papel que lhe cabe em massificar o conceito do direito à cidade e o de reforma urbana”, ressalta.