Notícias


Fopecom vai à prefeitura e cobra encaminhamentos sobre a Frei Caneca FM

Debora Britto protocola cara no gabinete do prefeito Geraldo Júlio

Debora Britto protocola carta no gabinete do prefeito Geraldo Júlio. Foto: Victória Ayres

 

Dezessete reuniões com integrantes da sociedade civil e uma audiência foram realizadas no primeiro semestre desse ano para colher propostas para a implementação da Frei Caneca FM, rádio púbica há mais de 50 anos esperada pela população recifense que deseja alternativas à hegemonia comercial no espectro eletromagnético. De lá pra cá, porém, a Prefeitura da Cidade do Recife não se pronunciou formalmente sobre o encaminhamento dessas propostas ou sobre datas de início das transmissões. Por isso, integrantes do Fórum Pernambucano de Comunicação entregaram uma carta no gabinete do prefeito Geraldo Júlio exigindo que novos passos sejam dados. O documento foi protocolado, porém não foi estabelecido um prazo específico para resposta.

Durante sua campanha, Geraldo Júlio prometeu colocar a rádio no ar nos primeiros doze meses de sua gestão. Até agora, porém, pouco foi feito para oferecer à população uma rádio pública municipal de qualidade. Até agora, tudo o que se alcançou foi um site onde há uma programação musical de 24h.

Débora Britto, integrante do Fopecom e também da ONG Centro Sabiá, pontuou a preocupação do Fórum com a atitude do prefeito: “indicações de concurso público para funcionários, destinação de orçamento de rádio e definição de compra de equipamentos não foram sequer debatidos pelo prefeito”, diz. Débora teme que o envolvimento do gestor na campanha eleitoral estadual e nas articulações nacionais o afaste ainda mais a pauta da Rádio Frei Caneca de algum horizonte favorável à sua implementação.

Leia, na íntegra, a carta protocolada pelo Fopecom.

(Por: Victória Ayres)