Notícias


Fopecom lança propostas para candidatos ao governo de Pernambuco

Zé Gomes (Psol) recebe de Ivan Moraes Filho (CCLF) as propostas para uma comunicação democrática em Pernambuco

Zé Gomes (Psol) recebe de Ivan Moraes Filho (CCLF) as propostas para uma comunicação democrática em Pernambuco

Mesmo sendo um direito fundamental na conquista de demais direitos e na consolidação da democracia, a comunicação permanece ausente do debate político eleitoral. Na esfera nacional ou na local, o assunto é pouco debatido e são raras as candidaturas que voltam suas propostas para políticas que visem a garantir a liberdade de expressão para todas as pessoas. Na intenção de pautar essas demandas atrasadas e urgentes, o Fórum Pernambucano de Comunicação criou uma carta de propostas para todos os postulantes ao cargo de governador, deixando também disponível para adesão de candidatos e candidatas à Assembleia Legislativa. O Fopecom é uma articulação de indivíduos e organizações sociais que há onze anos foca seu trabalho nas discussões sobre esse direito.

“Muitas das nossas demandas históricas são nacionais, como a regulamentação dos artigos da Constituição que falam sobre radiodifusão. Mas tem muita coisa que o governo pode fazer, e não faz, no campo estadual”, diz Ivan Moraes Filho, do Centro de Cultura Luiz Freire, uma das entidades que compõem o Fopecom. “Só para se ter uma ideia, o governo gasta – sem nenhuma transparência – quase R$ 100 milhões com publicidade todos os anos. Enquanto isso, a TV Pernambuco sobrevive praticamente sem recursos humanos, técnicos e financeiros. Coloca-se claramente o mercado na frente das pessoas”.

Além de maior transparência nos recursos e incentivo à comunicação pública, independente, comunitária e popular, as propostas do Fórum demanda concursos públicos para a comunicação estatal, a criação de um conselho estadual de comunicação e maior incentivo à universalização da banda larga.

O texto foi enviado a todos os candidatos a governador. O candidato Zé Gomes (Psol) quis receber as propostas pessoalmente, adiantou-se e já incluiu todas as demandas ao seu recém-lançado plano de governo. As assessorias dos candidatos Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB) responderam informando que iriam propor datas para a realização da entrega formal do documento. As candidaturas de Jair Pedro (PSTU) e Pantaleão (PCO) ainda não se pronunciaram.