O Fórum Pernambucano de Comunicação vem através deste comunicado repudiar a atitude do diretor-presidente da Rádio Comunitária Goitacaz FM, Alexandre Borges, do município de Glória do Goitá por seus atos de perseguição e censura ao jornalista Everaldo Costa, autor do blog www.ecoscomunicacao.blogspot.com e apresentador do programa “De Propósito”, que até o mês de abril vinha sendo veiculado através desta mesma emissora.

Descontente como teor de alguns textos postados no blog do jornalista, em particular os que criticavam a gestão do prefeito Djalma Paes, Alexandre proibiu, no último dia 18 de abril, a reprodução dessas informações através da rádio, especialmente através do programa Goitacaz Cidade, apresentado diariamente pelo comunicador Givanildo Silva. Não contente, Borges ocupou o microfone deste mesmo programa para proferir ofensas a Everaldo.

Sabendo da proibição, Everaldo publicou, também em seu blog, um texto denunciando o episódio. Poucos dias depois, foi informado – através de ofício afixado na parede da rádio, que também seu programa “De Propósito”, no ar aos sábados, havia sido suspenso por tempo indeterminado.

É inadmissível que a censura permaneça viva nos nossos meios de comunicação. Especialmente que haja lugar para esse tipo de arbitrariedade numa rádio comunitária, que tem como princípio básico o atendimento aos interesses do coletivo de sua comunidade, dando voz a toda a diversidade local.

Rádios Comunitárias não têm dono. Elas pertencem ao coletivo da comunidade que atendem. Não podem ser geridas com subserviência a poderes político-partidários ou religiosos. Mais do que instrumentos de informação e entretenimento, Rádios Comunitárias devem ser um exemplo de que a liberdade de expressão é um direito de todos e deve ser exercida livre de imposições de caráter econômico ou político.

Sendo assim, o Fopecom solidariza-se ao jornalista/comunicador Everaldo Costa, recomendando ao diretor-presidente da Goitacaz FM que reveja suas posições, retrate-se publicamente e acabe com a suspensão e o veto aos conteúdos produzidos seja por Everaldo ou por qualquer outro cidadão ou cidadã que queira exercer seu direito de se comunicar.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: