Atuação de mulheres em processos colaborativos e na produção de conteúdo, este foi o foco do painel “ Experiências em Comunicação Colaborativa e Debate”. A comunicadora  Beth Amorim, do programa Radio Mulher – veiculado na rádio Litoral FM, no município de Paulista, região metropolitana do Recife – falou sobre as notícias e debates veiculadas pela rádio e da procura do espaço radiofônico para troca de informações .
 
Eliane Nascimento e Magal Silva, comunicadoras da Rádio Mulher, do município de Palmares, contaram que a rádio  mudou a realidade de muitas mulheres que viviam em violência. Segundo Eliane e Magal,  que produzem o conteúdo dos programas e atuam na parte técnica, as denúncias chegadas à emissora contribuíram para identificar agressores, além de colaborar com o trabalho da polícia.
 
“A rádio virou a delegacia das mulheres. Através das informações que viam no programa, tinham mais coragem de buscar seus direitos”, diz a comunicadora.  Informações de saúde, a exemplo de exames de câncer do colo do útero, programas voltados para educação e cidadania fizeram do escritório da Rádio Mulher uma referencia para as mulheres da Mata Sul, garante Eliane, que viu o local ser invadido pela enchente, que devastou diversos municípios de Pernambuco e Alagoas há alguns meses.

Cátia Oliveira durante explanação.

A jornalista pernambucana Cátia Oliveira, do Centro de Cultura Luiz Freire, apresentou o trabalho do Ombusdspe. O site, além de  funcionar como um observador da mídia local no que se refere à violação ou promoção aos direitos humanos, discute questões voltadas ao direito à comunicação.

Segundo Cátia, o veículo investe na troca de informações através de blogs e sites parceiros, além do twitter. Para a jornalista as mídias sociais são importantes ferramentas para  publicizar informações, articular grupos e fazer denúncias. Contudo, afirmou que outros espaços e iniciativas devem ser levados em consideração, na prática da comunicação.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: