palavrastempoderAssegurar o exercício da liberdade de expressão e coibir violações dos Direitos Humanos nos meios de comunicação são os objetivos da campanha “Palavras Têm Poder”, que será lançada nesta segunda-feira, 19 de maio, às 19h, no auditório G1 da Universidade Católica de Pernambuco, localizada na rua do Príncipe, nº 526. A iniciativa é do Ministério Público de Pernambuco juntamente com a Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Pernambuco (Sinjope), Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF), Centro Popular de Direitos Humanos, Dialógica Comunicação Estratégica e a própria Unicap. Na ocasião do lançamento, haverá um debate aberto ao público com Gustavo Ferreira Santos (Unicap), Maxwell Lucena Vignoli (MPPE), Patrícia Paixão (Sinjope) e Ivan Moraes Filho (CCLF). A campanha estimulará o diálogo entre a sociedade, o poder público e os meios de comunicação, procurando através de diversas ações promover os Direitos Humanos e chamar a atenção para possíveis mensagens que desrespeitem leis ou o Código de Ética dos Jornalistas.

Além de peças públicitárias de conscientização sobre o assunto, a iniciativa disponibilizará ferramentas que facilitarão o papel  do cidadão no controle social da mídia pernambucana. Um site e uma linha telefônica funcionarão como canais para denúncias de jornais, de programas de rádio e TV e até de páginas na Internet que veiculem conteúdo que viole ou promova a violação de direitos individuais e coletivos, ou, ainda, que reflitam desvios de conduta por profissionais da comunicação e seus veículos. Cabe a ressalva de que a campanha “Palavras Têm Poder” não concebe os jornalistas apenas como portadores de responsabilidade pela informação que produzem. A garantia da liberdade de expressão dentro das redações também é um objetivo da proposta, já que a censura, governamental ou privada, pretende ser combatida a partir das denúncias feitas pelos canais, que permitirão o anonimato das fontes.

“A livre expressão de opiniões e ideias é um direito humano. Esperamos que as pessoas façam uso dele de forma construtiva e pacífica”, recomenda o promotor Maxwell Vignoli. Para Andrea Trigueiro, presidenta da Comissão de Ética do SinjoPE, esta é uma oportunidade de aproximar a sociedade da discussão sobre conteúdos nos meios de comunicação. “Acredito que estamos dando um passo importante no sentido de aproximar o cidadão comum de temas de interesse social. A campanha vai ser um divisor de águas na abordagem sobre a comunicação social que queremos para o estado”, afimou a jornalista.

A participação na campanha “Palavras Têm Poder” será garantida pela Internet no site www.palavrastempoder.org e pelo telefone 0800 281 9455. Ainda no âmbito da campanha serão promovidos debates e rodas de diálogo com jornalistas. Materiais da campanha, como panfletos, cartazes, banners, vídeos e spots também serão veiculados para amplo conhecimento da iniciativa pela público, bem como estarão disponíveis através do site para que mais pessoas possam participar da ação.

 Mais informações sobre o lançamento da campanha podem ser obtidas através do e-mail: contato@palavrastempoder.org.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: