A dor deles e delas não aparece no jornal. Os salários dos jornalistas da Folha de Pernambuco, que devem ser quitados até o quinto dia útil do mês, foram pagos apenas hoje. Apenas depois de os profissionais cruzarem os braços das 12h às 17h. Detalhe: motoristas e pessoal administrativo ainda não receberam. Veja o relato de uma colega que trabalha num dos maiores grupos empresariais de Pernambuco:

“Nesta sexta-feira, 14, jornalistas, motoristas, gráficos e diagramadores da Folha de Pernambuco paralisam suas atividades, a partir de meio dia, em repúdio ao não pagamento dos salários no mês de dezembro.

Além de não receber salários, os profissionais não estão recebendo o vale-transporte para trabalho. Ou seja, estão pagando para trabalhar.

E os desmandos não param por aí. Há alguns meses, a Folha de Pernambuco tem descontado na folha de pagamento o plano de saúde dos seus funcionários, mas não repassa os valores para a operadora Sulamérica. Isso se configura uma apropriação indébita, obrigando os funcionários a passar por constrangimentos ao chegarem em consultórios e laboratórios. Isso sem contar na gravidade da situação, caso alguém precise de um serviço de emergência.

Na sexta passada, os jornalistas da Folha de Pernambuco, junto ao sindicato e os jornalistas do Diario de Pernambuco e Jornal do Commercio, reuniram-se em frente ao prédio da Folha para protestar contra a falta de piso salarial. Uma semana depois, a situação está muito pior.

Como o movimento não terá cobertura de nenhum dos três jornais nem das TVs, por motivos óbvios, contamos com o apoio de pessoas influentes e veículos alternativos, para divulgar essa falta de respeito com os profissionais.

Lembrando que o movimento tem se organizado através da Rádio Peão, ou seja, a articulação corre à boca miúda, para evitar represálias por parte da direção. Assim, é solicitado a não divulgação oficial da paralisação até que ela aconteça.”

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: