Gostaríamos de elogiar a bela matéria: “famílias lutam para evitar despejo”  publicada ontem, terça-feira, dia 07,  no Jornal do Commercio, caderno Cidades.  A publicação, de forma sucinta e tocante, sensibiliza o leitor para o problema da falta de habitação e das precárias condições de moradia enfrentadas por 22 famílias em vias de despejo, que habitam há 17 anos, segundo a reportagem, um casarão no bairro da Tamarineira .

A publicação ocupa o espaço de meia página na contra-capa do caderno Cidades e é  ilustrada com duas fotos em preto e branco. Descreve as condições dos moradores, cita a Constituição para respaldar direitos não acessados e, além da fala dos residentes do local, destaca falas de representações que apóiam movimentos sociais.

É possível ainda observar informações oriundas de diversas fontes: Polícia Militar, Núcleo de Assessoria Jurídica Popular Direito nas Ruas, promotores de justiça e Movimento Nacional de Direitos Humanos. O leitor vê também uma sugestão – feita à prefeitura, para o problema de despejo e da desapropriação do terreno, na fala de um dos moradores “Estou aqui há 17 anos e o pior é que não sabemos o que vai acontecer. A prefeitura deveria desapropriar este imóvel, que estava completamente abandonado há anos e construir casas para a gente. Quando cheguei aqui a casa já estava abandonada há muito tempo”.

Observamos assim, um exemplo de jornalismo cidadão que lança luz sobre problemas sociais, muitas vezes invisíveis ou invisibilizados aos olhos de grande parte da sociedade.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: