ENeDC somando vozes MEME Um debate sobre a tolerância do Estado com as concessões de rádio e TV ofertadas a políticos e suas famílias.

O relato de alguém que faz comunicação comunitária e teve o pedido feito ao Ministério das Comunicações respondido pela Polícia Federal.

A apresentação de um artigo científico sobre a homofobia em programas policialescos transmitidos no horário do almoço.

Uma oficina que compartilha conhecimentos a respeito dos deveres que os governos têm de prestar o um serviço público de comunicação com qualidade e acesso à população (espectadora e realizadora).

A informação de que governantes gastam centenas de vezes mais com publicidade na mídia comercial do que com as emissoras públicas numa roda de diálogo…

… são apenas alguns exemplos do que pode acontecer nas atividades autogestionadas do I Encontro Nordestino pelo Direito à Comunicação. Quem quer participar do ENeDC realizando uma oficina, roda de diálogo, relato de experiência ou apresentação de artigo científico tem até esta sexta-feira, 20 de fevereiro, para inscrevê-la através do formulário em http://inscricao.encontronordestino.com. O prazo pretende garantir a divulgação da programação completa já no início de março.

Propostas submetidas ao evento – que acontece entre os dias 12 e 14 na Universidade Católica de Pernambuco, Recife – serão analisadas pela comissão de metodologia, que fará o trabalho de organizar as atividades de forma que melhor se encaixem na grade de horário e espaços disponíveis.

São de especial relevância atividades que se dediquem à questão do direito humano à comunicação e ao processo de conquista de direitos. Antes de submeter sua proposta, confira no próprio formulário as descrições das categorias de atividades autogestionadas. Lembrando que as atividades são autogestionadas. Ou seja, os proponentes se responsabilizam por sua realização, materiais e custos que elas demandem.

Acompanhe as novidades sobre o ENeDC em http://encontronordestino.com/.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio:

Busca