A Frente Parlamentar da Comunicação de Pernambuco realizou mais uma audiência no Recife. Dessa vez, o tema foi a economia e os participantes foram convidados a propor e debater possíveis políticas para incrementar a participação da sociedade neste, digamos, mercado.

O economista convidado, Sérgio Buarque, dedicou sua fala a apresentar os bons resultados do crescimento do estado, falando da possibilidade de desenvolvimento de toda a indústria, inclusive das empresas relacionadas ao campo da comunicação.

“A participação dessas companhias no PIB não é pequena. Num cálculo grosseiro, podemos dizer que elas movimentam aproximadamente R$ 2 bilhões por ano”, informou Buarque. Por outro lado, o número de empregos gerados por este mercado fica em aproximadamente 15 mil.

Para Ivan Moraes Filho, do CCLF, que representou o Fórum Pernambucano de Comunicação na audiência, a questão não é o crescimento do mercado, mas sua concentração. “O número de empresas é pequeno, assim como o de empregos. As políticas públicas devem atuar justamente para dividir esse recurso, para fomentar a produção independente e popular, fazer com que o dinheiro público circule de maneira mais democrática nesse campo”.

Mais uma vez, foram sugeridas propostas oriundas da Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), como a criação de Núcleos de Produção de Comunicação Comunitários, fortalecendo sujeitos já ativos como pontos de cultura e cineclubes, por exemplo. A democratização e a transparência do orçamento público para a comunicação também foi solicitada. “Não conhecemos o gasto total do governo com publicidade nem existem canais de a sociedade intervir nesse sentido. Isso tudo tem que mudar”, assinalou Ivan.

O comunicador Tarcísio Camelo, que atua na Rádio Alto Falante, chamou a atenção para a participação das universidades nas discussões. “É preciso que as pessoas que estão se preparando para este mercado sejam mobilizadas para pensar sua atuação em espaços como este”.

A próxima audiência da FPComPE acontecerá na região da Mata Sul, no município de Palmares, na próxima sexta-feira. Será um encontro de um dia inteiro, em que todos os eixos abordados pela Frente serão amplamente discutidos com a sociedade local.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: