Acaba de “vazar” em alguns blogs noticiosos a informação de que o governador Eduardo Campos exonerou a direção da TV Pernambuco, capitaneada por Ana Paula Farias. A notícia dá margem à expectativa da sociedade de finalmente poder contar com uma emissora pública no estado. Abandonada durante a maior parte da gestão estadual anterior, a TV Pernambuco está ligada ao Departamento de Telecomunicações de Pernambuco (Detelpe), que por sua vez faz parte da estrutura da Secretaria de Ciência e Meio Ambiente do governo do estado.

Desde o início do governo Eduardo, a TV tem sido gerida quase que de forma familiar. Primeiro administrada por André Luís Farias (ALF), que deixou o cargo para disputar as eleições municipais em Olinda – deixando no comando sua irmã Ana Paula.

A expectativa dos movimentos que lutam pelo direito humano à comunicação é de que finalmente a TV Pernambuco possa ser gerida de forma pública e transparente, podendo realmente tornar-se um exemplo de política pública de comunicação para todo o país.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: