Hoje, uma matéria publicada no Jornal do Commercio fala sobre o sargento gay. No meio da matéria, o jornalista explica que o sargento foi um dos primeiros militares a assumir o homossexualismo. Homossexualimo?? Como assim?? Esse termo é considerado pejorativo. Ele traz uma concepção de que a homossexualidade seria algo ligado a uma doença, devido ao uso do sufixo “ismo”.  Isso já faz 28 anos.

Em 1985, ao ser revisado o CID-10, Código Internacional de Doenças, 10ª edição, o homossexualismo deixou de ser considerado distúrbio mental, e também foi excluído pelos cientistas do DSM – IV, Manual de diagnóstico e estatísticas, da categoria de transtornos mentais. Nesta época o homossexualismo perde o sufixo ismo, que caracteriza uma patologia, e ganha o sufixo dade, que determina uma qualidade.

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: