Como funciona a política da mídia no Brasil? Quais os desafios e a urgência da efetivação do marco regulatório das comunicações no país? Estes são os mote do curso de formação à distância promovido pelo Coletivo Brasil de Comunicação Social – Intervozes.

Ao longo de seis módulos, serão discutidos os aspectos conceituais de questões como a liberdade de expressão, regulação e censura; o estado do fenômeno da convergência de mídias no mundo; como foram formados os oligopólios de mídia no Brasil e como eles mantêm seu poder até hoje; por que a privatização das telecomunicações não foi um sucesso e constitui um modelo para privilegiar as empresas, e não o povo; e como está o debate sobre a criação de uma nova legislação para o país.

Para ministrar as etapas foram convidadas figuras expressivas no atual panorama da análise crítica das comunicações no país. Os conferencistas realização aulas presenciais (para os alunos que residirem nas cidades-sede) e transmitida por tuitcam para os demais. O primeiro módulo terá início no dia 1º de março, e o último será realizado em julho. Ao término do curso, os participantes deverão produzir um artigo acadêmico sobre as temáticas abordadas.

As inscrições custam R$450 (parcelado em até 4x) e R$405 (parcela única) e seguem até o dia 27. Os interessados devem escrever para: cursos@intervozes.org.br

Mais informações: www.intervozes.org.br

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio: