A mais recente publicação da revista semanal IstoÉ traz na capa o candidato à presidência do Brasil, Fernando Haddad, com o título “Haddad: o candidato com 32 processos”. O OmbudsPE, analisando todo o contexto, verifica o quanto a grande mídia brasileira, com foco aqui no semanário em questão, é tendenciosa colocando na frente de uma revista, com grande visibilidade, esta manchete às vésperas de uma eleição presidencial.

Outro fator que coloca em dúvida a intenção da revista com esta edição é o formato como a imagem do presidenciável está disposta. Toda a capa é preta, como uma vinheta, colocando apenas o seu rosto em evidência, fazendo alusão a um anúncio de um criminoso procurado.

Já analisando a capa da IstoÉ do dia 10 de agosto de 2018, com a manchete “As fakes News de Bolsonaro”, a revista fez uma análise de discurso do presidenciável Jair Bolsonaro, candidato pelo Partido Social Liberal (PSL), e como ele tenta transformar as notícias que não são ao seu favor em “fake news”, isto é, notícias falsas.

Diferente da capa citada anteriormente, os recursos gráficos usados para chamar atenção do leitor são totalmente diferentes. Observamos uma imagem do candidato sorridente, e, se você não parar para ler a manchete, pode pensar que é uma matéria positiva sobre ele.

Fazer uma publicação deste cunho nas vésperas de uma eleição tão acirrada, é posicionar-se politicamente. Em 2016, durante o processo de impeachment da então presidenta reeleita, Dilma Rousself, a revista publicou várias capas com informações infundadas, colocando em jogo a reputação da presidenta.

Nas eleições de 2014, durante todo o período eleitoral, a IstoÉ publicou várias edições difamando a campanha de reeleição da candidata do Partidos dos Trabalhores (PT), Dilma Rousself. O histórico de capas e conteúdos da revista, em especial durante períodos eleitorais, tem a clara intenção de influenciar a opinião publica, por meio dos seus leitores, sobre a sua visão política, mesmo sem fontes e fundadas em inverdades, e criminalizar partidos e políticos que representam a esquerda brasileira.

Edição: Rosa Sampaio

O OmbudsPE é um projeto de comunicação do Centro de Cultura Luiz Freire. É livre a reprodução para fins não comerciais, desde que a fonte seja citada e esta nota seja incluída.

Realização:

Apoio:

Busca